Big Data x Business Intelligence BI: Qual a diferença?

Big Data

Big Data (“Mega dados”, em português), em tecnologia da Informação, refere-se a um grande conjunto de dados armazenados. E pode-se basear em 5V’s: Velocidade, Volume, Variedade, Veracidade e Valor.

Big Data é um termo amplamente usado atualmente para nomear conjuntos de dados muito grande ou complexos, que os aplicativos de processamento de dados tradicionais não conseguem lidar. Para atuar com Big Data, deve-se compreender os desafios de se trabalhar na área, que incluem: Análise, Captura, Curadoria de Dados, Pesquisa, Compartilhamento, Armazenamento, Transferência, Visualizações e informações acerca da privacidade dos dados.

Big Data – Definição resumida

Big Data é um termo que define “Um grande volume de dados, gerados em alta velocidade e variedade, que necessitam de tecnologias inovadoras e formas econômicas para processar, organizar e armazenar todo esse grande volume de dados, a fim de se permitir melhor compreensão, para a tomada de decisão e automação de processos.”

 

BUSINESS INTELLIGENCE – BI

Business Intelligence (ou Inteligência de Negócios, em português), é um conceito que define o processo de coleta, organização, análise, compartilhamento e monitoramento de informações que permitem oferecer suporte a gestão de negócios. É importante compreender que o BI explica dados exatos de eventos que já ocorreram. A leitura do ponto eletrônico, abordada no começo do artigo, é um bom exemplo de Business Intelligence, e de como ele é útil para analisar eventos que já ocorreram, a fim de se tomar uma decisão.

 

BI – DEFINIÇÃO

Business intelligence, é um conceito que define o processo de coleta, organização, análise, compartilhamento e monitoramento de informações que permitem oferecer suporte a gestão de negócios. É um conceito amplo que abriga outros, como: ETL, Data Warehouse e Data Science.

 

bi x big data, qual a diferença?

Assim como o big data, o BI também consegue fazer a análise de enormes quantidades de dados em grande velocidade e em tempo real. O big data não necessariamente entregará dados concretos com análises claras. Ele resgata dados existentes e cria relações, que muitas vezes podem passar despercebidos.

O BI proporciona o entendimento em sua base de dados, com saídas lógicas e estratégicas. Já o big data abre caminhos que são diferentes e, que nem sempre, representam novas perspectivas sob a ótica dos gestores, facilitando a competitividade.

O BI analisa o que já existe, definindo as melhores hipóteses. O big data aponta novos caminhos, além de exigir de quem o adota, o conhecimento prévio do BI, pois essa vivência analítica será importante para a interpretação de dados colhidos nessa modalidade.

 

O BI permitir fácil interpretação de dados para auxiliar a gestão de qualquer negócio. É possível identificar novas oportunidades e implementar uma estratégia efetiva baseada nos dados analisados. Seu objetivo é promover negócios com vantagem competitiva no mercado e estabilidade a longo prazo.

Com o BI, o gestor toma decisões com base em informações obtidas de dados exatos. Ele pode, por exemplo: compreender em qual região as vendas aumentaram ou diminuíram ou qual produto ou serviço gera melhor resultado em diferentes períodos.

Já o Big Data, consiste na utilização de diferentes ferramentas que, juntas, analisam diversas fontes de dados. Sejam elas de sites, redes sociais, aplicativos para smartphones, registros de IPs entre outras fontes que fornecem dados não-estruturados.

Tanto o tratamento dessas informações, quanto a geração de resultados através de ferramentas que apresentam métricas e análises é o que podemos definir como big data. O diferencial dele é a possibilidade de se chegar aos resultados em tempo real.

 

Sobre o autor

Cetax

Somos uma consultoria de Business Intelligence e Data Warehousing que atua desde 2000, guiando as empresas a transformar seus dados em valiosas informações que transformam os seus negócios.

Your sidebar area is currently empty. Hurry up and add some widgets.

/* ]]> */