Inteligência de Mercado

Também chamada de inteligência competitiva, a inteligência de mercado atualmente é um dos quesitos mais importantes para quem possui o desejo de trabalhar em qualquer área de atuação, especialmente dentro do mercado digital. Para apresentar essa definição é importante destacar as principais noções do que ela representa e como ela pode ser aplicada nas empresas no atual cenário que estamos vivendo.


O que é inteligência de mercado

Uma das maneira mais objetivas e simples de explicar o que é inteligência de mercado é expor a sua característica de processo em analisar e realizar a aplicação de diversas informações dentro de uma atuação de mercado. Além disso, ela também procura direcionar todo o seu esforço para atingir um publico algo pré-estabelecido. Suas informações consistem em apresentar por meio de uma ordem qualitativa ou quantitativa, definindo entre outros aspectos, as ações estratégicas que poderão ser adotadas.

É importante destacar que é sempre recomendável observar o mercado para aplicar tudo de maneira que se possa identificar oportunidades importantes que por ventura possam ser exploradas. Além disso, também é possível se ter condições de antecipar tendências e assim ser mais estratégico diante das oportunidades.

Com a inteligência de mercado, um empresário poderá ter a possibilidade de se esquivar de uma lógica baseada apenas no “reagi”, ou seja, ir de encontro a uma lógica também baseada em ação.


Estar preparado é o ponto chave da Inteligência de Mercado

Para se tornar um mestre em inteligência de mercado é muito importante se obter a capacidade de preparo! Nesse sentido, esse preparo está relacionado com o fato de que é preciso sempre se atualizar. Fazer cursos, falar com pessoas da área, estar de olho no que o mercado e a concorrência estão fazendo, tudo isso é fundamental.


Como a inteligência de mercado pode usar o Big Data?

Essa pergunta pode variar e muito de acordo com o nicho de atuação da empresa e os propósitos que ela deseja atingir. Em suma, não se deve levar em consideração o tamanho da empresa, pois quanto mais informação forem coletadas sobre os seus clientes mais diferenciando será o atendimento.

Para cada cenário existem diversas possibilidades!

Vamos exemplificar da seguinte forma: Pense em uma pequena livraria de bairro. Imagine que cada vez que ela receber novos títulos poderá ativar o contato com seus clientes que já possua informações que os produtos são de seu interesse.

Há grandes empresas que utilizam aplicativos para identificar possíveis problemas que seus clientes já tenham tido com seus serviços ou produtos. Com essa informação é possível identifica-los e posteriormente fornecer algum tipo de agrado ou desconto para recompensar pela experiência ruim.

Um bom case sobre o assunto é a Amazon.com que utiliza seus dados coletados com relação à cada cliente para ajudar no processo de compra,  Quando um cliente está prestes a realizar uma compra no site o sistema identifica se ele já comprou algum produto igual ou similar. Esse alerta questiona o cliente se ele realmente quer comprar de fato um produto repetido. Ou seja, isso só é possível quando há um armazenamento e analise de dados.


Conheça algumas dicas para usar o Big Data

O que não falta de maneira alguma no mercado são soluções, ferramenta e softwares de inteligência de mercado. Inclusive, esse é um setor em constante crescimento e atualmente existem diversas Startups oferecendo soluções inovadoras. Portanto se você possui uma empresa e deseja aprimorar a maneira como cuidará de todas as suas informações e dados, é ideal buscar uma solução que tenha funções analíticas de acordo com a sua necessidade.

Outro ponto importante é que é preciso se ter velocidade para acompanhar o grande volume de dados. Diferente de alguns anos atrás onde todo esse processo era muito caro e demorado. Com todas as mudanças do mundo moderno, tudo acontece muito mais rápido, e os investimentos se adaptam facilmente para todas as necessidades e bolsos. Mas em contrapartida, hoje em dia o empreendedor é muito mais cobrado com relação à velocidade que toma as suas decisões, portanto quanto mais rápido for esse processo, melhores serão os resultados.

Adotar uma abordagem visual também é fundamental. O Ser humano é extremamente visual, portanto essa é umas das melhores maneira de se examinar e entender dados.

Lembre-se que todas as informações podem virar posteriormente indicadores de aprimoramento de resultados dentro de uma empresa, portando recorrer a inteligência de mercado é fundamental para se ter destaque e sucesso!

 

Sobre o autor

Lucas Coelho
por: Lucas Coelho

Posts recentes

Comentários

Arquivos

Categorias

Meta