Business Intelligence pode ser considerada a técnica de extração de inteligência sobre o negócio da sua empresa, seja qual for ela. Alguns dizem que BI, ou Business Intelligence, é o processo de captura e transformação de dados em informações. Além do uso das ferramentas que permitem extrair inteligência. Ok, se falarmos com 10 pessoas diferentes, vamos ter 10 definições próximas, porém diferentes !

Importância do BI Business Intelligence para empresas

O importante é atender e resolver problemas em processos de negócios existentes na empresa, seja qual for ela, desde as operações mais comuns (recebimentos, pagamentos, contabilidade, compras, etc) até as mais complexas. Vemos muitos projetos que falharam, ou simplesmente morreram, principalmente porque estavam sem foco.

Sim, os projetos de BI Business Intelligence tem alta taxa de mortalidade, já vi projetos de milhões de reais serem simplesmente descontinuados, mas isso é assunto para outro post.

 

É importante para empresa, para o negócio e gestores

Pensando nos negócios, acreditamos que implantar esse tipo de projeto, é utilizar-se de ferramentas e técnicas para facilitar o acompanhamento dos processos de negócios, sejam eles geração de relatórios, painéis, acompanhamento de metas, entre outros.

O BI Business Intelligence como ferramenta de administração pode ser considerado um grande facilitador da vida dos gestores, gerando informações que antes poderiam demorar diversos dias para ficar pronta. Com o BI, pode demorar de algumas horas chegando até segundos.

 

Pode-se fazer BI Business Intelligence com planilhas e ferramentas específicas

Existem diversas maneiras de ter B.I. Business Intelligence, seja via planilhas (isso mesmo, planilhas) ou utilizando ferramentas de B.I. (ok, essa é a melhor maneira). Dentre as ferramentas mais comuns encontramos:

  • AdHoc / QueryTool
  • Dashboards e KPIs
  • Data Mining
  • BPMs, CPMs ou EPMs
  • Ferramentas de Planejamento (Budgeting, Planning e Forecasting)

Essas ferramentas possuem vários fabricantes:

Business Intelligence é uma maneira de gerar informações para o seu negócio.

As soluções de BI existentes podem ajudar a empresa na gestão de informações, tornando-as mais organizadas e de fácil acesso, vemos em muitos casos, que um único pacote ou solução, não cobre todos os aspectos necessários, assim se torna usual um desenho de arquitetura de BI com o envolvimento de diversas soluções como : Bancos de Dados, Ferramentas de ETL ( Integração ), Big Data e Analytics.

Sempre tendo em mente que o projeto deve ser feito para as áreas de negócios, que serão as principais beneficiadas de uma gestão eficiente e organizada de informações para auxiliar as pessoas em suas rotinas diárias e na utilização otimizada de dados.

Antes de terminar, uma pergunta que um aluno fez ao Ralph Kimball no curso de Modelagem Dimensional:
 –  “O que eu devo perguntar ao meu usuário no levantamento de dados, pergunto o que ele quer ver no Data Warehouse?”.

A resposta foi:
– “Não. Deve-se perguntar quais indicadores e informações são necessárias para você trabalhar no seu dia a dia”.

Faz todo sentido do mundo, se a pergunta for genérica a resposta também será.

O universo de BI ainda está plena expansão e muitos profissionais de TI estão buscando mais conhecimentos em Business Intelligence. Nossos treinamentos de BI são elaborados segundo a metodologia Kimball e com material exclusivo em português. Assim garantimos sempre o melhor conteúdo e 100% de aprovação em mais 10 anos de experiência com projetos, cursos e consultoria em Business Intelligence.

 

Especializações/Cursos

A Cetax oferece diversos treinamentos na área de Business Intelligence, aqui em nosso site você pode conferir os cursos que ministramos, seu conteúdo programático e tirar dúvidas através do chat online. Abaixo estão os links dos cursos sobre os tópicos que abordamos aqui neste artigo.

  1. Cursos de Business Intelligence 
  2. Download Materiais de BI

 

Por enquanto é isso. Você também pode complementar nosso artigo com mais informações úteis. Mande-nos um e-mail com sugestões de melhorias e/ou novos artigos.

Até o próximo artigo.
Douglas Godoi