Especialista em BI

Esta área não para de crescer nacional e internacionalmente, onde o mercado tem requisitado cada vez mais os profissionais capazes de realizar todas estas técnicas em conjunto. Todo ano, formam-se pessoas em cursos como Sistemas de Informação, por exemplo, que podem atuar nesta área. Mas, o BI exige mais que conhecimento apenas básico, onde é preciso integrar-se mais à modernidade e novas tecnologias que dão resultado, através de cursos extras.

 

Vamos compreender um pouco sobre o que é BI

Business Intelligence, mais conhecido como BI, para início de conversa é um processo com etapas, onde se coleta, organiza, analisa, compartilha e monitora informações de um negócio. É, então, um suporte à gestão de negócios. BI é um conjunto de processos e métodos que atua transformando uma quantidade grande de dados, em sua forma bruta, para informações a serem trabalhadas.

 

E qual a função do especialista em BI?

O profissional de Business Intelligence deve ser capaz de detectar oportunidades de negócios, bem como associá-las aos eventos. Portanto, é preciso seguir alguns passos e até mesmo se qualificar com cursos para esta área dentro da TI.

 

Eu tenho perfil para ser especialista em BI? Confira 10 dicas para saber:

1. INTERESSE TÉCNICO E ADMINISTRATIVO/NEGÓCIOS
Ter formação e interesse misto, tanto em conhecimento técnico (em TI) quanto administrativo (negócios);

2. INTERESSE EM FINANÇAS E CONTABILIDADE
Além do interesse técnico em TI e na área de negócios, finanças contábeis devem ser estudas com afico também;

3. AMPLA VISÃO EM GESTÃO E PROCESSOS EMPRESARIAIS
O profissional deve ter ampla visão em gestão e processos empresariais para saber tomar decisões;

4. SABER CONCILIAR A TEORIA À PRÁTICA
Ele também deve concretizar ações, tirando-as do papel, colocando-as em prática. É importante!;

5. FERRAMENTAS TECNOLÓGICAS E METOLOGIAS
O profissional deve conhecer ferramentas tecnológicas e metodologias para aplicar-se em esfera administrativa;

6. SEDE POR DATA WAREHOUSE
Vale lembrar que o Data Warehouse, grandes bases para este trabalho, deve ser estudado por completo;

7. RACIOCÍNIO E LÓGICA
Ter afinidade com estatísticas e matemática também entram nesta formação e estudos;

8. BANCO DE DADOS
É imprescindível conhecer tecnologias de Banco de Dados. A grande jogada é transformar estes dados em algo trabalhável para toda equipe.

9. CRIATIVIDADE
Criatividade é importante para quem deseja atuar em Business Intelligence;

10. VOCÊ TEM AFINIDADE COM REDES SOCIAIS?
É, ter afinidade com redes sociais para aprender a monitorar potenciais clientes, também é crucial;

 

Claro, dentre as 10 dicas, é necessário afinidade com boa parte dos tópicos abordados ou interesse para ingressar no BI. Muitas pessoas se dão bem estudando por conta própria e tendo contato com profissionais do ramo, basta ter força de vontade e querer. Aqui em nosso site tem uma página só de Materiais de Business Intelligence para Download [clique] que você pode baixar para começar a empreitada rumo a especialização em BI.

E se você não for autodidata, tem aquela dificuldade de concentração e não consegue aprender sozinho, pode realizar os treinamentos presenciais que a Cetax oferece e aperfeiçoar-se com os cursos de BI [clique] mais completos do mercado.

 

Bom. Isso é tudo, pessoal!
Você também pode complementar nosso artigo com mais informações úteis. Mande-nos um e-mail com sugestões de melhorias e/ou novos artigos.

 

Até o próximo artigo.
Douglas Godoi