Inteligência Artificial na Corrupção: Forbes personifica a corrupção brasileira

O montante desviado pela corrupção brasileira é R$ 200 bilhões/ano (U$ 61 bi), segundo o levantamento realizado pela Revista Forbes. Se todo este dinheiro fosse destinado a uma única pessoa, ela teria a oitava maior fortuna do mundo – conforme a Lista dos Bilionários Forbes 2018.

  1. Jeff Bezos, com US$ 112 bilhões (Amazon)
  2. Bill Gates, com US$ 90 bilhões (Microsoft)
  3. Warren Buffett, com US$ 84 bilhões (Berkshire Hathaway)
  4. Bernard Arnault, com US$ 72 bilhões (LVMH)
  5. Mark Zuckerberg, com US$ 71 bilhões (Facebook)
  6. Amancio Ortega, com US$ 70 bilhões (Zara)
  7. Carlos Slim Helu, com US$ 67,1 bilhões (telecomunicações)
  8. BRASIL, com US$ 61 Bilhões (corrupção)
  9. Charles Koch, com US$ 60 bilhões (diversificado)
  10. David Koch, com US$ 60 bilhões (diversificado)
  11. Larry Ellison, com US$ 58,5 bilhões (software)

 

E se, com o auxílio da tecnologia, conseguíssemos personificar a corrupção brasileira?  Como ela seria?  

Essa, fora a conclusão na qual a Revista Forbes chegara. Pensando nisso, e inspirada no cenário da corrupção brasileira, a Revista criou uma Inteligência Artificial que simula a mente de um corrupto, para compreender como pensa uma pessoa com essas características. 

Sr. Ricky Brasil
Sr. Ricky Brasil

Com o uso da Inteligência Artificial e técnicas de Machine Learning, a Forbes criou um perfil do corrupto brasileiro, Sr. Ricky Brasil – personificação da corrupção brasileira que ganhou rosto; traços físicos e personalidade própria, baseada em dados das entrevistas e depoimentos de alguns dos principais condenados nas operações Mensalão e Lava Jato.

Todos os materiais disponíveis sobre corrupção (reportagens da imprensa brasileira, depoimentos, entrevistas, obras literárias) foram “estudados” por uma inteligência artificial, com técnicas de aprendizado de máquina, para reconhecer padrões e possibilitar a construção do retrato, do que seria o homem mais corrupto do País.

O projeto ainda está em andamento, com alguns ajustes para serem realizados. A expectativa é que, até o fim de Abril/2018, o “Sr. Ricky Brasil” seja capaz de receber a imprensa para ser entrevistado. A ideia central do projeto é enfatizar o tamanho da corrupção que assola nosso País.

Propósito do Ricky Brasil

Retrato do Sr. Ric Brasil
Retrato do Sr. Ric Brasil

“A principal ideia da campanha Ricky Brasil é destacar o tamanho da corrupção no País. A lista da Forbes é a principal ferramenta para entendermos a riqueza de cada bilionário. Portanto mostrar que a corrupção no Brasil pode gerar uma fortuna desse tamanho é o melhor jeito de a revista usar informação para combater o problema”, comenta Claudio Lima, VP nacional de criação da Ogilvy Brasil – Agência responsável pela campanha ‘Ric Brasil’.

 

Vídeo: Ric Brasil – Forbes 

A próxima revista Forbes Brasil com a Lista dos Bilionários para divulgar a campanha chega às bancas a partir de 16 de abril.

Douglas Godoi

Formado em Marketing e pós-graduando em Digital Data Marketing – FIAP. É, atualmente, responsável pelo Marketing Digital da Cetax. Também é viciado em café; apaixonado por empreendedorismo; entusiasta de tecnologia, inovação e fotografia.

Please create new and select contact form.